segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

AS PROMESSAS NÃO CUMPRIDAS DE WAGNER PARA EUNÁPOLIS

O ano de 2012 está chegando ao fim sem que algumas promesas do governador Jaques wagner para Eunapolis fossem cumpridas:


A UTI se arrasta e não se consegue implantar;

A água do distrito da Colônia já corre na tubulação, mas não nas torneiras dos moradores;

O presídio foi inaugurado, mas está sendo usado com a metade da capacidade;

O aterro sanitário nem pensar...

Mas como 2013 será ano pré-eleitoral, vamos esperar dias melhores e novas promessas.




sábado, 29 de dezembro de 2012

NOVOS PREFEITOS PODIAM DESCOBRIR POR QUE INTERNET E CELULARES FUNCIONAM TÃO PRECARIAMENTE

Em todas as oito cidades da Costa do Descobrimento, extremo sul da Bahia, incluindo as maiores Porto Seguro e Eunápolis, os usuários de internet e celular sofrem com o serviço precário oferecido por todas as operadoras: Oi, Claro, Vivo e Tim.

Embora fuja da alçada deles, os novos prefeitos eleitos bem que podiam mexer nisso e procurar saber qual é mesmo o problema em seus municípios.

Podiam aproveitar e descobrir também por que a comunicação por celular é tão precária na Costa do Descobrimento, a ponto de uma rodovia como BR 367, na ligação Porto Seguro – Eunápolis, ficar sem sinal de nenhuma operadora em um longo trecho.

E por que Guaratinga sofre para se comunicar com o resto do mundo?

Uma vez mapeados os problemas as operadoras deveriam ser proibidas, por lei municipal, de vender nos municípios aquilo que elas não tem condição de entrgar ao consumidor, como tecnologia 3G e outros avanços vendidos.

É calote no povo sem que ninguém abra o bico. Chega!

Geraldinho Alves

quarta-feira, 26 de dezembro de 2012

Perdeu a graça: Neto está impondo o presidente da Câmara


O futuro prefeito de Eunápolis, Neto Guerrieri, tirou do Legislativo o que ele tem de mais valioso: a democracia. E um presidente de Câmara escolhido pelo prefeito, sem disputa, vai ser um eterno empregado do prefeito.

E o preço real desse arranjo nunca será revelado.

Neto ainda usa fraldas na política, mas herdou o jeito autoritário e coronelista do pai carlista.

Quer jogar sem juiz para apitar o jogo, as regras serão as dele e o time adversário ele também quer escalar.

Como seria saudável para a democracia uma boa disputa para a presidência da Câmara como houve na último eleição da mesa diretora.

terça-feira, 25 de dezembro de 2012

O FATOR JOTA BATISTA


Jota Batista será de longe o vereador mais destacado na futura legislatura de Eunápolis.
Eloquente, vozerão e pensador astuto.

Deu a volta por cima e retornou cenário político local de olho na prefeitura, um dia não muito longe.

Sabe superar adversidades e tem uma futura primeira-dama que sabe lidar bem com o povão.

segunda-feira, 24 de dezembro de 2012

quinta-feira, 20 de dezembro de 2012

Justiça cria imbróglio a poucos dias do fim do ano e deixa Eunápolis sem prefeito


O afastamento do prefeito de Eunápolis, Robério Oliveira, decretado pelo tribunal de Justiça da Bahia a poucos dias do fim do ano e do exercício fiscal, criou um imbróglio difícil de resolver.

A oposição faz festa política, sem se preocupar com a ordem. Quer ver o prefeito crucificado. 

Mas não precisamos entrar no mérito do que gerou o afastamento, que no fundo pode estar ligado a um jogo de interesse político indecifrável, por enquanto.

O fato é que nenhum político eunapolitano com juízo no lugar – mesmo de oposição – iria querer assumir um mandato para sentar na cadeira de prefeito por menos de uma semana, com o orçamento totalmente realizado. 

Seria um ato insano fazer de conta que é prefeito.

Nem a vice-prefeita (reeleita), Maria Menezes, nem o presidente da Câmara (também reeleito) são doidos de toparem uma empreitada dessa. 

A Justiça não pode ser cega para o impasse que criou.

Se foi para mostrar que ela tarda, mas não falha, a decisão deveria vir acompanhada da solução político-administrativa para um município de 105 mil habitantes, onde pelo que temos conhecimento, até o momento, a prefeitura vem cumprindo seu dever de casa básico quanto a pagamento de salários e realização de serviços públicos essenciais.

E por que se esperou tanto tempo para que essa decisão fosse tomada? 

E uma vez tomada a decisão, quem vai governar a cidade pelos dias que restam?

O debate da questão deve fazer com o Poder Judiciário leve em conta o futuro das pessoas na próxima vez que decidir fora de tempo uma questão tão importante para um município do porte de Eunápolis.
Que a oposição, insana e sensacionalista, não tome este comentário como defesa velada do gestor. Faço uma defesa dos munícipes que acabam pagando um preço alto pelo impasse.

A comemoração exagerada da oposição é uma ato de pouca inteligência. O julgamento político de Robério não virá dos tribunais, mas das urnas, mesmo que ele não seja candidato tão cedo.
Para quem tem memória curta basta ver o peso político que ainda têm Gediel, Dapé e Ubaldino, que ainda continuam fora das disputas eleitorais como candidatos.

Na política não há guerra perdida. 

Geraldinho Alves

quarta-feira, 19 de dezembro de 2012

POLÍTICA: LAMA E INTRIGAS


Duvidei quando um sociólogo amigo meu me disse, há 15 anos, que a política se resumia a “lama e intrigas”, o resto, na visão dele, seria irrelevante.

Achei a frase pessimista demais e continuei em busca do resto, além da “lama e intrigas” peculiares.

15 anos depois, olhando para a política da cidade que escolhi para morar tenho que admitir: ainda não achei nada mais relevante na política.

A lama e as intrigas prevalecem.

Os políticos douram a pílula com promessas e justificativas, mas no fundo a lama toma conta, afundando quem nela coloca os pés.

E o pano de fundo para esconder a lama são as intrigas.

O sistema é bruto. 

Geraldinho Alves

segunda-feira, 17 de dezembro de 2012

NETO GUERRIERI RENOVA GRUPO POLÍTICO E FRUSTRA ROBERISTAS


AGORA, MEUS AMIGOS, A INÊS É MORTA!

Eleito graças a popularidade do prefeito Robério, Neto Guerrieri monta novo governo com forte presença de ex-oposicionistas.

O que têm em comum Mauro Borges, Ronilto William, Arnaldo Vianna, Júnior Bahia, Roberto Martins e Rafael do PT?

Todos eles enfrentaram o governo Robério em algum momento nesses oito anos de hegemonia roberista em Eunápolis. E todos eles ficaram sem espaço político em suas tentativas.

Agora, com a eleição de Neto Guerrieri um novo espaço político se abre para quem fracassou na oposição.

Mas claro que o governo Neto terá também a presença de políticos e lideranças que se mantém fiéis roberistas (pelo menos na teoria), como Valdiran Marques, Isnard Vasconcelos, Alécio Vian, Oziel Bonfim, entre outros.

Por enquanto, não há como prevê o resultado dessa engenharia.

O que pode pesar é a legião de deserdados que ficará pelo caminho com a renovação do grupo político.

Chorem pitangas, limpem o leite derramado, mas a Inês é morta e só daqui a quatro anos para recuperar o prejuízo. Ou transfiram o título de eleitor para Porto Seguro.

Coisas da política.

sexta-feira, 14 de dezembro de 2012

NETO PROMETEU SECRETARIA A APLB, MAS VOLTOU ATRÁS


A APLB de Eunápolis mergulhou fundo na campanha do prefeito eleito Neto Guerrieri. Morreu afogada.

Mas Neto já levou pessoalmente a notícia de que não cumprirá mais a promessa feita na campanha de nomear alguém indicado pela entidade para a Secretaria de Educação.

Resta a professora Jovita (foto) aguardar a promessa de governo de Neto de fazer uma Educação 100%.

quinta-feira, 13 de dezembro de 2012

GOVERNO CLÁUDIA TERÁ NOVAS SECRETARIAS


A Reforma administrativa na estrutura da prefeitura de Porto Seguro, enviada a Câmara Municipal, não é mérito do prefeito Gilberto Abade, mas da equipe de transição da prefeita eleita Cláudia Oliveira.

Novas secretarias serão criadas para adequar a prefeitura a complexidade do município e ao jeito Cláudia de governar, buscando resultados e eficiência. 

O que Abade fez no apagar das luzes éi impublicável, por enquanto.

HERANÇA MALDITA
E o que Abade criou mesmo foi um município falido, com um rombo perto de R$ 200 milhões, sem condições de celebrar convênios federais, com o FPM sequestrado para pagar dívidas do INSS, além de um imbróglio jurídico com os contratados.

Ainda que boa parte das mazelas tenha sido herdado por Abade, sua administração deixa pouca coisa de bom.

terça-feira, 11 de dezembro de 2012

NO INTERIOR, QUEM MANDA NO LEGISLATIVO É O EXECUTIVO

Eunápolis terá pela primeira vez 17 vereadores no Legislativo. Vai faltar gabinete para esse povo. Mas o novo Legislativo já nasce acomodado. Aceitou de bom grado que a disputa pela presidência da mesa diretora fosse imposta pelo Executivo.

Ninguém deu um pio. 

Embora sejam poderes independentes, quem manda no Legislativo municipal é o prefeito. É assim na maioria das cidades do interior. E em Eunápolis não será diferente.

E assim, tem vereador que já foi pedra no sapato de prefeito que vai esquecer onde fica o Ministério Público, a sede da Inspetoria do TCM e os estúdios da radio 98FM.

Nada como um dia atrás do outro.

Geraldinho Alves 

A REAÇÃO DE MARIA MENEZES DEVE SER MOSTRAR AUTORIDADE AOS INSUBORDINADOS


A vice-prefeita de Eunápolis, Maria Menezes, reeleita para mais quatro anos de mandato foi desrespeitada, humilhada e desafiada pelos futuros subordinados Paulo Galego e João Alcides, que farão parte da equipe de governo do futuro prefeito Neto Guerrieri.

A dupla fez duras críticas no ar a vice-prefeita nos microfones da rádio 104FM, da igreja Betel de Eunápolis. 

Só que os dois esqueceram que Maria será vice-prefeita no governo Neto também. Ou seja, estará acima deles na hierarquia natural da administração pública. E que ela pode dar o troco a altura. 

Nada como um dia atrás do outro.

segunda-feira, 10 de dezembro de 2012

NEM LOBO NEM CORDEIRO, FALSO MESMO

Chamar pessoas dissimuladas e falsas de lobo em pele de cordeiro seria uma ofensa aos lobos, animais que vivem do instinto e obedecem as leis da natureza.

Nem lobo nem cordeiro, quem engana as pessoas fazendo de conta que é uma coisa, sendo outra, é falso mesmo. 

Assim como o dinheiro é o deus da maioria dos falsos crentes, a mentira é o pão da maioria dos canalhas.

Quando essa turma se junta, então, os lobos fogem de medo do que pode acontecer. 

Eunápolis mergulha na escuridão, mas o povo está achando bom.

Geraldinho Alves

ARNALDO VIANNA VAI ASSUMIR SECRETARIA SEM TINTA NA CANETA


O empresário Arnaldo Vianna que se anunciou secretário de Administração do futuro governo Neto Guerrieri, em Eunápolis, vai começar a trabalhar sem tinta na caneta.

Um dos subordinados direto de Arnaldo, o chefe do Departamento Pessoal, será um nome 100% da confiança do prefeito eleito.

O resultado é previsível: o chefe do Departamento Pessoal vai mandar na Secretraia, será o secretário de Administração de fato, enquanto Arnaldo ficará com o status e o ônus das encrencas.

Bom arranjo, mas será que Arnaldo aguenta as broncas?

quinta-feira, 6 de dezembro de 2012

NETO GUERRIERI FALA DE “VESTIDO AZUL” PARA DIZER QUE VAI CUIDAR MELHOR DE EUNÁPOLIS


Neto Guerrieri, prefeito eleito de Eunápolis, concluiu sua palestra na quarta-feira (5), na sede da CDL, cutucando sutilmente a administração do prefeito Robério, contando uma fábula cujo título é “O vestido azul”.

A história fala de uma menina muito bonita, mas que vivia mal vestida e maltratada. Um dia, a menina ganhou de presente, de um professor, um vestido azul. 

Voltando para sua casa com o belo vestido, passou a chamar a atenção dos pais, recebendo mais carinho deles. Depois disso, sua vida se transformou para melhor, na sua própria casa, na sua rua, no seu bairro e na sua cidade.

Ele concluiu afirmando que é esse “vestido azul” que pretende dar a Eunápolis, e assim transformá-la.

Moral da história: a mosca azul já estaria fazendo efeito?

quarta-feira, 5 de dezembro de 2012

PRESIDENTE DO PRTB VEIO COBRAR A FATURA EM EUNÁPOLIS


Rogério Tadeu Da Luz, o folclórico político que agora atende na sigla nanica PRTB, como presidente estadual, veio a Eunápolis na terça-feira (4), cobrar a fatura dos eleitos em outubro.

Ou seja, disse que os mandatos deles – prefeito e vereadores – pertence ao partido e que o estatuto da legenda deve ser seguido a risca.

Da Luz entregou um documento do partido aos vereadores eleitos, Vavá da Farmácia, Zé Pelanca e Ubaldo Suzart, mas não conseguiu se encontrar com o prefeito eleito Neto Guerrieri, que preferiu acompanhar um velório.

Será premonição ou Neto já pensa em enterrar de vez o PRTB para ingressar numa sigla mais tradicional? O tempo dirá.

DIPLOMAÇÃO DE CLÁUDIA PODE REVELAR SECRETARIADO


Um olhar apurado nos mais chegados da prefeita eleita de Porto Seguro, Cláudia Oliveira, pode revelar nomes do secretariado que ainda continuam guardados a sete chaves.

O Forum de Porto Seguro não vai caber tanta gente.

domingo, 2 de dezembro de 2012

A INEXPERIÊNCIA E A ESTRATÉGIA


Para quem vai assumir uma pasta como a da Administração, sendo uma indicação “técnica”, mesmo sem nenhum experiência na administração pública, o empresário Arnaldo Vianna pisou na bola ao anunciar em primeira mão e com exclusividade para um site apenas seu nome como secretário.

Passou por cima do prefeito eleito e nem tem a caneta na mão ainda. Mostra inexperiência com a política e a administração pública.

Quem monta o governo é quem deve anunciar os nomes. E foi promessa de Neto Guerrieri ele mesmo anunciar o secretariado depois de diplomado. Há convidados que pedem para manter a informação em off. Mas agora...

A não ser que a estratégia tenha partido do próprio prefeito eleito por razões que só ele mesmo conhece.

LEIA MAIS NO SITE BAHIA40GRAUS 

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

CABEÇA DE JUIZ E BUMBUM DE BEBÊ NINGUÉM SABE O QUE PODE SAIR


Autopromoção pessoal é um crime que deve ser combatido, mas condenar um prefeito a reclusão por publicar quatro fotos suas numa revista aí já é um grande exagero.

A Impessoalidade é um dos princípios que norteiam a administração pública. Os políticos em cargos públicos devem seguir a risca esse e mais quatro outros princípios: Legalidade, Moralidade, Publicidade e Eficiência.

O prefeito de Eunápolis, Robério Oliveira, publicou uma revista no primeiro ano de seu primeiro mandato (era marinheiro de primeira viagem, portanto), cumprindo quatro dos cinco princípios da administração pública.

1 – Legalidade: a revista foi contratada e impressa conforme o contrato, dentro do que determina a lei.
2 – Moralidade: não há nada na publicação que agrida esse princípio.
3 – Publicidade: a revista mostrou como e onde a prefeitura investiu os recursos do município, cumprindo esse princípio.
4 – Eficiência: a revista mostrou que a prefeitura estava trabalhando e melhorando a vida das pessoas.

Robério só pecou ao deixar que publicassem quatro fotos suas. Uma ao lado do então presidente Lula, outra ao lado do governador da época e uma assinado um decreto beneficiando agentes de saúde.
Acho que uma quarta foto traz uma autoridade do Judiciário, salvo engano.

Essas são as fotos “criminosas”.

Esta semana, dois desembargadores da 1ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça da Bahia condenaram Robério a três anos e três meses de reclusão por causa dessas fotos na referida revista.

O prefeito alega que não teve direito defesa. 

Deixo aos internautas o julgamento do mérito. Pra mim, o caso é um exagero digno de ser registrado.

Geraldinho Alves 

AO REDOR E DERREDOR DO PREFEITO ELEITO

Promessa é dívida. Fiquei de dar resposta as bolachas quebradas que andam fazendo intrigas com meu nome. Prometi responder a um certo radialista que começou a botar as asinhas de fora, mesmo ele tendo uma folha corrida que vai daqui até o estado vizinho do Espírito Santo.

O fato é que alguns não gostaram do que escrevi depois que fizeram o prefeito eleito de Eunápolis Neto Guerrieri passar pelo vexame de fazer um ato público na porta de uma lanchonete, no centro da cidade, com cerimonial e discursos, pra variar.

Acharam que eu não deveria apontar que o rei estava nu e sim elogiar as roupas imaginárias de sua majestade. Mas como fazer isso diante de tamanho equívoco?

Acho que Neto, um sujeito inteligente, visionário e antenado, não iria produzir da cabeça dele aquele fiasco. Nem algumas cabeças coroadas que lhe circulam.

Era pra reconhecer o fiasco e mudar o rumo da manifestação. 

Só pode ser coisa das inertes bolachas quebradas de visão curta, que ficam ao redor e derredor de Neto, por atração natural do poder, imagino. 

Sobre o que estão chamando de "bater" em Neto é pura fantasia. Espero que Neto saiba distinguir a minha visão crítica das coisas no meu papel de jornalista daquilo que se publica ou se diz por aí com interesse meramente politiqueiro. 

Graças a Deus, as bolachas quebradas escaparam de levar uma bordoada maior, inclusive o tal radialista.

Porque Deus faz milagres e serenou meu coração, amaciando a minha escrita. Obrigado Senhor!

Geraldinho Alves





RESPOSTA AS BOLACHAS QUEBRADAS

Daqui a pouco vou dar uma resposta a altura ao que um radialista de Eunápolis anda falando de mim por aí... E vou aproveitar para fazer uma leitura sobre esse momento na política eunapolitana. Vale a pena aguardar.  

BAHIA40GRAUS: 72.935 PÁGINAS ACESSADAS NA PRIMEIRA SEMANA

O novo site vem atraindo internautas da região e de outras cidades do estado, incluindo a capital Salvador. Fruto de um trabalho simples, objetivo, com informação clara, precisa e confiável.

Parabéns a equipe de trabalho e obrigado a você internauta pela confiança depositada.

E olha que ainda vamos implantar algumas novidades do site.

ACESSE AQUI O BAHIA40GRAUS

terça-feira, 27 de novembro de 2012

COMO FICA A DISTRIBUIÇÃO DOS ROYALTIES COM A NOVA LEI


QUANDO A POPULAÇÃO NÃO COMPARECE, NEM TODOS PERCEBEM

Leia abaixo um trecho de um texto publicado em um site local, assinado pela Ascom Em Boas Mãos (assessoria de Neto Guerrieri, suponho) sobre o ato público de segunda-feira (26), realizado na porta de uma lanchonete, no Centro de Eunápolis.

"A população civil apareceu em peso, pois todos perceberam que somente assim a distribuição da riqueza de todo o país que possibilitará investimentos em áreas prioritárias como saúde, educação, segurança e infraestrutura, será mais eficaz".

Obra-prima do jornalismo 100% em boas mãos.

segunda-feira, 26 de novembro de 2012

OS PAPAGAIOS DE PIRATA EM EUNÁPOLIS


Nossa, quanta gente é essa querendo sair na foto durante o ato público realizado nesta segunda-feira, 26, em Eunápolis, a favor da nova lei de distribuição dos royalties do petróleo.

Foi um festival de papagaios de pirata. E alguns sites embarcaram na onda, por falta de assunto, caprichando nas galerias.

O Radar64, por exemplo, postou mais fotos do que a quantidade de pessoas que tinha no evento.

A maioria dos "manifestantes" pareciam "manifestados" diante da mídia.

Mas o povo mesmo que é bom, necas. Não convidaram.

O pior foi ouvir dos organizadores que era pra ser daquele jeito mesmo, na porta de uma lanchonete.

Ato cívico minha gente podia ser na Praça da Bandeira, que por sinal chama-se Dr. Eunápio Peltier de Queiroz, ficava mais pertinente.

Geraldinho Alves

O que se diz e o que se faz


Discurso bonito todo político tem. Mas será que na prática se faz o que se diz? Difícil.

A incoerência é comum na política.

O sujeito vai na imprensa, por exemplo, exaltar seu projeto de governo. Fala de eficiência, transparência, essas coisas...

Na prática ele emprega parentes, amigos de esquema e indicações por conveniência. Não porque ele seja mais um mentiroso na política, mas porque o sistema é bruto.

A cultura não muda, é endêmica e faz parte do DNA brasileiro.

Para mudar é preciso transformar a cultura brasileira da “Lei de Gérson”, cumprida quase a risca pela população, cujo valor levado em conta é “levar vantagem em tudo”.

A visão de mundo da sociedade é que precisa mudar. Afinal, o sistema eleitoral brasileiro é um convite a corrupção. Como vai eleger alguém para fazer diferente do que foi combinado antes?

Geraldinho Alves

Manifestação em Eunápolis não atrai público



Marcada para esta segunda-feira (26), as 9 horas, no Centro de Eunápolis, na porta de uma lanchonete, a manifestação pela aprovação da nova lei de distribuição dos royalties de petróleo e gás, convocada pelo prefeito eleito Neto Guerrieri, não atraiu o público.

Ouvi de uma pessoa bem próxima de Neto que era pra ser assim mesmo, sem público. Era apenas para panfletar e fotografar, depois enviar o material para Brasília, aumentando a pressão feita pela CNM (Confederação Nacional dos Municípios) pela aprovação da nova lei.

Pra mim, o ato foi um equívoco. Mas quem sou eu pra dizer que o rei está nu? 

Vou continuar preferindo atos públicos com ampla participação popular e melhor organizado.

Para uma coisa o ato serviu: vitrine para quem precisa garantir uma vaguinha na equipe do futuro prefeito,  afinal, alguns sites publicaram imensas galerias de fotos, com mais fotos do que pessoas presentes. 

Veja a seguir, mais fotos do evento:






domingo, 25 de novembro de 2012

COMO VAI SER AQUI NO BLOG

Com a chegada do novo site Bahia40graus este blog resgata seu verdadeiro papel de ser um diário na internet com meus pensamentos avulsos sobre pessoas, fatos e o que der na telha.

Convido você para um encontro diário, aqui, onde sempre farei um comentário inusitado e instigante, marca registrada do Imprensa Livre.  

Garanto que vai valer a pena.

Já o site tem vida própria no jornalismo cidadão que se propõe, reportando os fatos de interesse público que acontecem na região, no estado, no país e no mundo.

As duas leituras terão focos distintos. Mas ambas miram no mesmo alvo: informar o que é verdade.

Por que só a verdade nos liberta, disse o mestre Jesus.


Sds.

Geraldinho Alves


sexta-feira, 23 de novembro de 2012

ENFIM, BAHIA40GRAUS.COM ESTÁ NO AR


Depois de quase dois meses de elaboração e ajustes, Graças a Deus, está no ar o nosso novo site

BAHIA40GRAUS.COM 

chegando de mansinho para somar ao time da imprensa regional. 

A imprensa livre e atuante é um dos pilares da democracia. Nós acreditamos nisso.

Experimente o BAHIA40GRAUS.COM 

e continue acessando também o nosso blog. 



quarta-feira, 21 de novembro de 2012

JULGAMENTO PRÉVIO DO GOVERNO NETO POR ANÔNIMOS É POLITICAGEM BARATA


Andei lendo os comentários postados no site parceiro OXarope sobre uma lista de nomes cotados para o secretariado do prefeito eleito Neto Guerrieri e percebi que a hipocrisia está sobrando em Eunápolis.

Alguns nomes foram bombardeados por comentaristas anônimos – sempre eles – que esbanjaram covardia e hipocrisia, detonando Lauro Setúbal, apóstolo Ronilto e até o Paulo Galego. 

Não vou defender nenhum dos três, eles são bem grandinhos pra isso.

Mas tenho uma coisa a dizer: o governo será de Neto Guerrieri, que tem o direito, outorgado pela maioria dos eleitores (mais de 65% dos votos), de escolher quem ele quiser para trabalhar.

E ele tem o dever de trabalhar com transparência, mostrar resultado e governar com honestidade. Qualquer juízo prévio é politicagem barata, inveja e jogar conversa fora. 

NATAL VEM CHEGANDO, MAS E OS BURACOS QUANDO VÃO EMBORA?


Buracos nas ruas e nas calçadas de Eunápolis colocam em risco os pedestres, principalmente crianças, idosos e portadores de necessidades especiais.

E papai Noel também.

terça-feira, 20 de novembro de 2012

HOJE A GREVE É DOS PROFESSORES DA REDE ESTADUAL

Na Bahia um dia é de greve outro também. Ontem, terceirizados da Coelba pararam por melhores salários. 

Hoje, terça (20), professores da rede estadual param para protestar contra o calendário escolar 2013 imposto pelo governo.

Amanhã a greve será de qual categoria?

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

COELBA VIVE IMPASSE COM TERCEIRIZADOS QUE ENTRAM EM GREVE


Serviços de ligação, religação e emergência estão prejudicados.

Os trabalhadores das empresas prestadoras de serviços da Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba) realizaram uma manifestação na manhã desta segunda-feira, 19, na porta da empresa, no bairro de Pirajá. 

A categoria decretou greve por tempo indeterminado, a partir desta segunda, em todo o estado.

De acordo com informações do Sindicato dos Trabalhadores na Indústria da Construção (Sintracom-BA), os trabalhadores reivindicam 11% de reajuste salarial, mas os empresários ofereceram 4%. As negociações duraram três meses e não houve acordo.

Com a greve, serão prejudicados os atendimentos a emergências e os serviços de leituras, ligações e cortes, entre outros.

TÁ MAIS PRA GATO DO QUE PRA LEBRE


O ex-vereador Claudionor já virou folclore da política eunapolitana. Alguns acham que ele tem um parafuso a menos, outros o consideram um grande ator. Seus cacoetes são populares, vive mordendo a gola da camisa e cuspindo em ato contínuo, ganhando apelidos por isso.

O “maluco cuspidor” agora concorre com o “maluco mentiroso”, os dois são personagens do mesmo ator: o ex-vereador que não se conforma de ser rejeitado nas urnas. 

Caso disputasse a vereança este ano não conseguiria ser eleito com os votos que teve concorrendo para prefeito. As pessoas cansaram da figura folclórica e fracassada, que quer vender a imagem de lebre, sendo gato.

Miau!

O FILME REPETIDO DA POLÍTICA BRASILEIRA


No julgamento do mensalão o STF condenou dezenas de políticos e empresários envolvidos em corrupção e compra de votos.
Mas a condenação não inibe a prática dos dois crimes.
Entenda como funciona o esquema que emperra o desenvolvimento do país:
CORRUPÇÃO PRÉVIA
As empresas e alguns empresários individualmente financiam com muito dinheiro campanhas eleitorais de políticos e esperam dos eleitos duas coisas:
1 – contratos vantajosos
2 – legislação favorável aos interesses privados
E sempre conseguem os objetivos.
COMPRA DE VOTOS DISFARÇADA
O Poder Legislativo já nasce refém do sistema.
No plano federal, o Poder Executivo usa o Orçamento para controlar o voto dos parlamentares de acordo com os interesses do governo.
O Executivo só libera dinheiro para emendas feitas no Orçamento a deputados que votam a favor dos projetos do governo. Raras são as exceções.
E os deputados, por sua vez, fazem suas emendas para financiar parte de suas campanhas eleitorais e articulações políticas, combinando esquemas com prefeitos e governadores.
No plano estadual o esquema se repete em menor escala.
Já os prefeitos resolvem a questão sem disfarces: empregam na prefeitura parentes e indicados de vereadores, fazem favores aos edis, além de manter o famoso “mensalinho”. É assim ou não se governa em paz.
No plano municipal também são raras as exceções.
O ELEITOR CÚMPLICE
O voto comprado no dia da eleição completa o sistema que obriga o eleitor a votar. A Justiça Eleitoral não quer enxergar e permite que a democracia brasileira seja essa hipocrisia consentida, onde os políticos compram votos escancaradamente sob a cumplicidade do eleitor que se acostumou a ganhar um extra a cada pleito.
O eleitor vende o voto e vota em políticos vendidos, lubrificando a engrenagem do sistema.
Há mais coisas impublicáveis.
Enquanto isso, os mensaleiros pagam o pato. E são a sensação da mídia.
Por Geraldinho Alves
Ilustração: Guto Cassiano

domingo, 18 de novembro de 2012

A BAHIA SERIA PERFEITA ASSIM



Pena que esqueceram de dedicar mais tempo a Porto Seguro e Cabrália. 

O vídeo é "pra inglês ver", mas mostra a beleza da boa terra, só que (claro) sem as mazelas da saúde pública precária, da educação prejudicada, da falta de segurança geral, da pobreza gritante do nosso povo. 

NOVO SITE ATÉ DIA 20 NO AR


A temperatura da internet está subindo: www.bahia40graus.com.br está quase pronto, em fase de ajustes. Vem integrar o já graduado time da imprensa online regional e traz espaço para cobertura de outras regiões do estado, além da capital Salvador.

Teremos repórteres / correspondentes em todos os oito municípios da Costa do Descobrimento, além da Região Metropolitana de Salvador e Litoral Norte.

Faremos coberturas de eventos políticos e culturais, reportagens e entrevistas especiais, fornecendo conteúdo jornalístico multimídia.

O quente na internet agora é www.bahia40graus.com.br (também .com)

Dia 20 de novembro no ar

Experimente!

sábado, 17 de novembro de 2012

EUNÁPOLIS TEM PRESÍDIO OCUPADO COM MENOS DA METADE DA CAPACIDADE, MAS A CELA DA DELEGACIA CONTINUA LOTADA DE PRESOS


O resultado continua sendo o mesmo: as fugas viram rotina.

Mais uma aconteceu na noite de sexta-feira (16). Dois homens fugiram da delegacia da cidade, por volta das 22h30. A fuga envolveu três detentos, mas um deles foi recapturado ainda no interior da unidade. Os outros dois estão foragidos.

Para sair do local os presos utilizaram uma espécie de faca artesanal para serrar as celas. Em seguida, utilizaram lençóis amarrados, a popular "tereza", para sair da delegacia.

A polícia local está nas ruas na tentativa de capturar os dois fugitivos. A carceragem da delegacia de Eunápolis já chegou a ser interditada pela Justiça por causa da superlotação,

O governo do Estado construiu e inaugurou há pouos meses um presídio na cidade, com capacidade para mais de 450 detentos, mas a ocupação do lugar está abaixo de 200 prisioneiros devido a dificuldade de mão-de-obra.

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

PORTO SEGURO NA FINAL DO VOICE BRASIL COM FERNANDO CRUZ, NA GLOBO, NESTE DOMINGO



O cantor Fernando Cruz, 23 anos, de Arraial Dajuda, Porto Seguro, representa o município e a Bahia na final do programa The Voice Brasil, da TV Globo, neste domingo, 14:30.

Fernando Cruz está entre os escolhidos pelo cantor Daniel. Vale a pena sua torcida e participação no programa.

CLIQUE AQUI E ASSISTA FERNANDO CRUZ CANTANDO.

terça-feira, 13 de novembro de 2012

JAPONESES MUDAM NOME DA SCHINCARIOL PARA BRASIL KIRIN


Produtos continuam com mesmos nomes, mas a empresa fabricante mudou.

Exatamente um ano após a aquisição de 100% da Schincariol, a japonesa Kirin muda o nome da sua subsidiária brasileira, que passa a chamar-se Brasil Kirin. 

Segundo Di Domenico, as marcas continuam com os mesmos títulos, o novo nome é somente institucional e será inserido nas embalagens dos itens das companhias. 

Ele comentou ainda que há estudos para a Brasil Kirin vender os produtos da Kirin no Brasil a partir de 2013, que seriam com foco em bebidas alcoólicas e não alcoólicas, inclusive em categorias que a antiga Schincariol não atuava.

Hoje, a Brasil Kirin possui 10 mil funcionários no País e tem 16,6% em participação do mercado nacional de cervejas e 6,83% em refrigerantes, conforme dados de outubro.

JOSÉ DIRCEU NÃO ACEITA A CONDENAÇÃO E DIZ QUE SENTENÇA DO STF É "INJUSTA"


O ex-ministro José Dirceu postou em seu blog, na segunda (12), comunicado dizendo que a sua condenação pelo STF (Supremo Tribunal Federal) a mais de dez anos de prisão é "injusta".

"Não me calarei e não me conformo com a injusta sentença que me foi imposta. Vou lutar mesmo cumprindo pena”, escreveu o ex-ministro. 
Dirceu foi condenado pelo STF a pena de 10 anos e 10 meses de prisão pelos crimes de corrupção ativa e formação de quadrilha no julgamento do mensalão.

LEIA MAIS SOBRE O MENSALÃO

BR 101: LÁ VEM PADÁGIO


O trecho da BR 101 na Bahia integra a Fase 3 da 3ª Etapa do Programa de Concessão de Rodovias Federais, que prevê a transferência de estradas para a gestão privada. 

Até o final deste mês, a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) colhe contribuições para elaborar os estudos de viabilidade técnica e econômica dos projetos.

Resumindo: a BR 101 na Bahia vai ser administrada pela iniciativa privada e terá postos de pedágio como já acontece nas rodovias BR 324 e BR116.

segunda-feira, 12 de novembro de 2012

EUNÁPOLIS: ESTADO NÃO TEM INTERESSE EM REASSUMIR O HOSPITAL REGIONAL


Em situação crítica, o Hospital Regional de Eunápolis está agonizando faz tempo, gastando mais do que recebe e criando um gargalo crônico na administração municipal.

Como os postos municipais não conseguem dar conta da demanda, o Regional acaba sobrecarregado piorando a situação.

Rumores indicam que há o interesse em devolvê-lo ao Estado, que por sua vez nem imagina descascar esse abacaxi.

A iniciativa privada também não tem interesse no Regional. O problema vai mesmo estourar no colo do prefeito eleito Neto Guerrieri e do seu futuro secretário de Saúde Mário Gontijo, que conhece de perto o problema, pois já foi secretário da pasta no governo Robério.

Na semana passada Neto e Gontijo conversaram com Jorge Solla, secretário de Saúde do Estado, em Salvador, sobre a situação. O resultado da conversa ainda vai render muitos capítulos dessa novela. 

EUNÁPOLIS: VEREADOR AMÓS DESMENTE ACUSAÇÕES DE CLAUDIONOR CONTRA UBALDO


O vereador Amós Bispo (PMDB) foi a tribuna da Câmara Municipal de Eunápolis, na sessão de sexta-feira (9), contestar as acusações feitas pelo ex-vereador Claudionor Nunes (PSOL), numa rádio local, contra o atual presidente da Câmara, Ubaldo Suzart (PRTB).

O ex-vereador Claudionor acusou Ubaldo de ter pago com dinheiro da Câmara passagens aéreas para familiares.

Amós disse que não há na Inspetoria regional do Tribunal de Contas dos municípios (TCM) nenhum documento comprovando a denúncia de Claudionor.

“Fui ao TCM, olhei todos os documentos, e garanto que não há nenhum cheque da Câmara que tenha sido emitido para pagar essas passagens”, afirmou Amós.

Na mesma sessão, Normando Torres e Carmem Lúcia também abordaram o assunto quando usaram a tribuna, defendo o presidente Ubaldo.

Carmem ainda relembrou o escândalo de quando Claudionor ocupava a presidência da Casa: ele recebeu dinheiro de diárias para fazer uma viagem a Minas Gerais e não viajou, sendo obrigado a devolver a quantia.

“Ele sim, é que teve que devolver o dinheiro, reconhecendo, assim, ter recebido as diárias indevidamente”, disse a vereadora.

O vereador e presidente da Câmara, Ubaldo Suzart, não quis falar sobre a acusação. Ele disse a seus colegas vereadores que estuda a possibilidade de tomar as medidas judiciais cabíveis.

CNJ ASSUME A COMARCA DE MONTE SANTO PARA INVESTIGAR CASO DE ADOÇÃO DE CRIANÇAS


A comarca de Monte Santo, na Bahia, está sob intervenção do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), a partir desta segunda-feira (12).

O Conselho apura supostas irregularidades em processo de adoção de crianças e o envolvimento de outras autoridades do Judiciário no caso.
Até o dia 20 deste mês, uma equipe composta por dois juízes auxiliares do CNJ terá que elaborar um relatório final sobre o caso.
A apuração será estendida também as comarcas de Cansanção e Euclides da Cunha, próximas a Monte Santo, além das demais que necessitarem de correição durante o inquérito.

FOLHA DE SÃO PAULO: GOVERNADOR CONTRATA ONG DE ALIADO NA BAHIA


Matéria faz denúncia grave: contrato na área de saúde teria superfaturamento de R$ 39 milhões.

O jornal Folha de São Paulo publicou no domingo (11) matéria dos jornalistas Aguirre Talento e Nelson Barros Neto que coloca em xeque a contratação da ONG Fundação José Silveira pelo governo da Bahia.

A matéria afirma que o governo baiano contratou a Fundação sem licitação na área da saúde no valor de R$ 272 milhões e que a ONG é ligada a aliado político do governador Jaques Wagner (PT).

Mas além desse fato, a matéria traz uma denúncia grave: segundo o Tribunal de Contas do Estado (TCE), R$ 39 milhões desse montante foram superfaturados.

Os contratos são para fornecimento de mão de obra médica, assinados após dispensa de licitação entre a Secretaria Estadual da Saúde e a Fundação José Silveira, no período de 2007 a 2011.

A fundação teve como superintendente, de 1997 a 2008, o deputado federal Antônio Brito (PTB). Hoje, a mulher dele, Leila, ocupa o cargo. O PTB apoiou Wagner em sua eleição para governador, em 2006.

Na Secretaria de Saúde, o pagamento tinha o aval do diretor-geral Amauri Teixeira (PT), hoje também deputado. Ambos dizem que os pagamentos são legais e estão respaldados por parecer do Ministério Público da Bahia.

De acordo com o relatório do TCE, a principal irregularidade está no fato de a Fundação José Silveira cobrar do Estado o pagamento da contribuição patronal do INSS, mesmo a ONG sendo liberada da obrigação de pagar esse encargo. Apesar disso, cobra os valores do Estado e não os repassa à Previdência.

Nos R$ 272 milhões de 2007 a 2011, o relatório aponta que o governo da Bahia pagou indevidamente R$ 39,2 milhões, que correspondem aos encargos ao INSS que a fundação não precisa pagar.

JUSTIFICATIVA DOS ACUSADOS
Ainda segundo o jornal Folha de São Paulo, a Fundação José Silveira e a Secretaria de Saúde afirmam que a cobrança da contribuição patronal do INSS se baseia em um parecer do núcleo do terceiro setor do Ministério Público da Bahia.

A opinião diverge da avaliação do setor do Ministério Público que combate a improbidade administrativa, que diz que a cobrança é irregular. Advogados do escritório Siqueira Castro dizem que, pela regra geral, não poderia ser cobrado o INSS patronal em um caso desse tipo, mas que há brechas na lei.

A Secretaria de Saúde afirma que, no processo de dispensa de licitação, foi dada oportunidade a outras empresas. Diz ainda que os contratos foram submetidos à Procuradoria-Geral do Estado e cumprem a lei.